Rádio de Verdade | Informação com qualidade!

Início

Mauro Beting é demitido pela segunda vez da Rádio Bandeirantes

Mauro Beting demitido novamente da Rádio Bandeirantes

O jornalista esportivo Mauro Beting não faz mais parte da equipe da Rádio Bandeirantes de São Paulo. Dois anos após sua demissão e retorno à emissora, o profissional agora trabalhará apenas para o canal Fox Sports.

“Foram 12 anos maravilhosos. Sigo no Fox Sports, Lance! e Lancenet!. E fazendo docs, livros e PES”, escreveu, em referência também ao jogo de videogame em que é comentarista.

Mauro Beting foi demitido pela primeira vez da Rádio Bandeirantes em agosto de 2013 . Na época, houve comoção com a notícia nas redes sociais e até mesmo o apresentador Neto chegou a se demitir antes de a emissora recontratar o jornalista.

Comentários

comentários

24 de março de 2015

Rede Transamérica dá apoio ao Dia Nacional do Orgulho Gay

Transamérica Pop

Em parceria com a Billboard, a Rede Transamérica de Comunicação terá no dia 25 de março uma programação voltada para o Dia Nacional do Orgulho Gay e reflexão contra a homofobia no país.

Os programas da emissora, entre eles o “2 em 1” e “Transalouca 4.0”, serão voltados à causa, com temas que vão abordar o assunto e músicas de artistas gays internacionais e nacionais, além de simpatizantes, incluindo Madonna, Lady Gaga, Elton John, Ricky Martin, Anitta e Legião Urbana.

A Transamérica apoia os ouvintes a publicarem fotos e vídeos com a hashtag #CaleAHomofobia e a curtirem a fanpage chamada “Parada Gay na Rádio”.

O Brasil é um dos países com mais registros de violência homofóbica em todo o planeta. Através da música, a Billboard e as rádios apoiadoras pretendem ajudar a levantar essa bandeira para reflexão de todo o país e ajudar a calar a homofobia.

Comentários

comentários

24 de março de 2015

Mais uma modificação na Bradesco Esportes Rio

bradescoFM
Marco Sardemberg não faz mais parte da Bradesco Esportes do Rio. Ele pediu para sair por questões acadêmicas.

Felipe Rodrigues passará a cobrir o Botafogo. 

A equipe, como se sabe, “está se adequando, seguindo 24 horas no ar”.

*Colaborou Renan Reis

Comentários

comentários

24 de março de 2015

Sobre a Bradesco Esportes Rio

bradescoFM

A despeito de perderem José Carlos Araújo, Gérson, Gilson Ricardo, Carlos de Souza, Jorge Eduardo, Freitas Neto, Edson Júnior e alguns repórteres num curto espaço de tempo, o mais novo chefe de reportagem da Bradesco Esportes Rio falou brevemente sobre as demissões através de seu perfil no Facebook. “Em respeito aos ouvintes, trago a verdadeira informação sobre as mudanças ocorridas na Rádio Bradesco Esportes FM RJ. O país passa por uma série de ajustes e as empresas estão se adequando. Infelizmente, o grande narrador Freitas Neto, pessoa nota 10, profissional dedicado e ser humano bacana, e o apresentador Edison Junior, que comandava a Madrugada Ligada e tem um futuro brilhante pela frente, não fazem mais parte dos nossos quadros. A tristeza é de todos, mas seguimos fortes e unidos, pois a equipe tem muita vontade e determinação. Qualquer outra informação é mentira ou fofoca de rádio corredor. Todas as empresas estão se adequando. Este é um momento triste do nosso país. Seguimos 24 horas no ar falando de todos os esportes e à disposição dos ouvintes”, escreveu Fábio.

Vale lembrar que nos últimos meses nenhuma das emissoras que transmitem programas esportivos diariamente modificou tanto a sua grade de programação  ou alterou tanto o seu quadro de profissionais como a Bradesco Esportes do Rio.

Um colega do Grupo Bandeirantes ressalta que de fato está havendo cortes de gastos. “Só em Porto Alegre foram demitidos 10 profissionais. Não sei a fundo o motivo da demissão do Freitas Neto especificamente”, salientou.

Também pelo Facebook o locutor esportivo Freitas Neto classificou o episódio como “crise de caráter”.

O site torce pela longevidade desta e de todas as emissoras, pois assim serão mais postos de trabalhos mantidos.

Comentários

comentários

23 de março de 2015Bradesco Esportes Rio em crise / Fábio Azevedo / Freitas Neto classifica sua demissão como crise caráter / Futuro da Bradesco Esportes é incerto / Madrugada Ligada

Crise na Bradesco Esportes Rio?

Bradesco Esportes Rio

Depois de modificar inúmeras vezes a sua grade de programação,de perder um dos locutores mais badalados da cidade e de dispensar seu chefe de reportagem, a novata Bradesco Esportes demitiu mais quatro integrantes. As novas demissões ocorreram na última sexta-feira (20): o locutor Freitas Neto (apontado por mais de 50% dos internautas como melhor locutor esportivo da emissora),o recém-chegado Edson Júnior,o motorista Cadu e mais um técnico.

Nos corredores dos estádios do Rio há muitos que apostam que a emissora não sobreviva após os jogos olímpicos de 2016.

Entramos em contato com a direção da emissora e ainda não obtivemos retorno.

A conferir.

 

Comentários

comentários

21 de março de 2015Crise na Bradesco Esportes

O fim da Rádio Nacional

Logo-Nacional-RJ

Por Marco Antônio Monteiro

A Rádio Nacional do Rio de Janeiro acabou. A maior emissora da América Latina nos anos 40/50, aquela que precisou ser atacada por tropas militares em 1964 para que o golpe se consolidasse, responsável pela integração cultural e esportiva do Brasil, está morta. É verdade que a rádio ainda está no ar, mas um veículo de comunicação não morre apenas quando sai do ar ou deixa de ser impresso. Ele morre quando deixa de ter repercussão. E o triste é que isso aconteça num período de governo mais progressista, mas que não enxerga um palmo na área de comunicação.


Este texto foi escrito a pedido de amigos, já que trabalhei na Rádio Nacional por 10 anos (de 2004 a 2014), que ainda estão lá e alguns ouvintes que não se conformam que um patrimônio do Brasil seja esquecido. A Rádio Nacional sofreu muitos golpes desde 1964, mas morre exatamente nas mãos de um governo que tinha a obrigação de defender e utilizar democraticamente a emissora. Nos últimos meses a crise se agravou a ponto da emissora ficar fora do ar durante o carnaval e, agora, reduzida a um vitrolão porque nenhum programa ao vivo pode ser feito porque o ar condicionado do prédio da TV Brasil não funciona (e estava precário desde dezembro).
Em 2004, o ex-presidente Lula reinaugurou o tradicional auditório no edifício A Noite, na Praça Mauá, assim como novos estúdios e um transmissor mais potente. Parecia que o governo entenderia a necessidade de uma rede estatal de rádios unificada. Como pode uma capital brasileira não ter uma emissora que preste contas do que o governo faz ou que valorize a cultura nacional? Vá a Portugal, Espanha, França, Argentina e veja se a rádio estatal não chega a todos os cantos?


Mas o esforço da direção no Rio não tinha correspondência em Brasília. Mesmo assim, em poucos meses, a emissora chegou ao quinto lugar no AM e em alguns horários ao terceiro e quarto lugares. Vale lembrar que em 2004/2005, Globo, Tupi e CBN eram apenas AM e não existia a Band News. Portanto, o AM no Rio de Janeiro ainda tinha relevância na área popular.


Logo se viu que a comunicação do governo era ruim e a Radiobras, com sede em Brasília, era dirigida por experimentalistas. O projeto foi esvaziado. Mas o desastre final seria a criação da EBC – Empresa Brasil de Comunicação. Surgida para unificar as emissoras do governo, matou a Acerp – que geria as Rádios MEC AM e FM e a TVE – e tinha alguma flexibilidade administrativa, e se transformou num enorme cabide para cargos de gestores, muitos concursados que não gostam de comunicação e uma direção que vive de ler relatórios.


O resultado é que a Rádio Nacional saiu de sua sede histórica (assim como a Rádio MEC teve o seu prédio fechado), foi jogada em estúdios improvisados da TV Brasil, perdeu profissionais e os poucos bons que ficaram estão abandonados. A emissora hoje é zero de audiência. Não serve para absolutamente nada porque não tem ouvintes, mas os relatórios sobre grandes feitos continuam a ser escritos para a leitura de Brasília. Aliás, pergunte a alguém da direção da EBC se sabe o que vai ao ar? Nesse caso não é preciso dizer que o jornalismo de uma emissora estatal de um governo cercado pela mídia repete textos dos jornais da grande imprensa. Pelo menos ninguém ouve.


A comunicação do governo Lula era ruim, nada ousada. Mas a de Dilma é um desastre amador, mas que serve como cabide de emprego. A Rádio Nacional integrou o Brasil de Norte a Sul numa época definidora do caráter único de nosso território, a primeira metade do século passado. Mas o mais importante é que um veículo desses, modernizado, na frequência FM, integrado às mídias sociais, ainda é fundamental como voz de resistência cultural e política. Que alguém entenda isso e tire a emissora da EBC, exerça o Poder de colocar uma faixa de transmissão em cada capital e dê uma solução jurídica que permita a montagem de uma rede com profissionais que entendam a dimensão dessa empreitada. Só assim a Rádio Nacional poderá ressuscitar.

*Marco Antônio Monteiro – Jornalista desde 1985, trabalhou na Rádio JB, foi assessor de Imprensa do Vice-Prefeito do Rio entre 86/88; editor do programa Panorama Brasil, do Jornal da CBN Rio e entre 1994 e 2000 gerente de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Rio. Entre 2004 e 2014 apresentou e editou os programas Notícias da Manhã e Repórter Rio na Rádio Nacional.

Comentários

comentários

18 de março de 2015

Super Rádio Tupi leva o Prêmio Tim Lopes de Jornalismo

tupiam

A Super Rádio Tupi venceu o prêmio Tim Lopes de Jornalismo na categoria Rádio na noite desta segunda-feira (16/03), com a série de reportagens “Rosas Despedaçadas”, do jornalista Robson Machado.

Na matéria, o repórter revelou o mundo das mulheres vítimas da violência doméstica que tiveram a coragem de denunciar seus agressores.Para conhecer a série de reportagens que foi premiada, clique aqui.

robsontupi

 

Comentários

comentários

17 de março de 2015

Morre Inezita Barroso, ícone da música caipira do Brasil

Inezita Barroso

Morreu na noite deste domingo (8), a cantora e apresentadora do Viola, Minha Viola, Inezita Barroso. No último dia 4 de março havia completado 90 anos de vida. Ela deu entrada no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, em 19 de fevereiro.

Inezita Barroso deixa uma filha, Marta Barroso, três netas e cinco bisnetos.

O velório será na Assembleia Legislativa de São Paulo (Avenida Pedro Álvares Cabral, 201 – Parque Ibirapuera), aberto ao público, em horário a confirmar.

Inezita era considerada por muitos, incluindo Rolando Boldrin, Moacyr Franco e Sergio Reis, como um dos pilares da música caipira brasileira. 

O site Rádio de Verdade presta essa pequena homenagem para toda a nossa amada gente do interior. Abaixo você confere momentos marcantes protagonizados por Inezita Barroso na TV.


Comentários

comentários

9 de março de 2015Inezita Barroso ao lado de Sílvio Santos / Minha Viola / TV Cultura / Viola

Beto Brito volta para a Rádio Metropolitana

Beto Brito

Depois da Rádio Planeta Rei atingir no mês de fevereiro a marca de 100 mil ouvintes mensais na web, firmando sua presença nos principais sintonizadores da Internet e estar com sua programação toda consolidada nas 24 horas do dia, o comunicador Beto Brito está agora de volta ao dial.

No próximo dia 16 (segunda-feira), o Planeta Rei nas Ondas do Radio estará de volta de 2ª a 6ª feira no horário de 14h às 16h nos 1090 AM da Rádio Metropolitana. Beto Brito esteve nos últimos nove anos comandando as madrugadas da Rádio Globo e chegou a dar muita dor de cabeça para a antiga diretoria da emissora da Rua do Russel quando esteve na mesma Metropolitana, arrancando preciosos pontos no IBOPE das duas rádios populares mais ouvidas do Rio.

 

 

Comentários

comentários

8 de março de 2015

A estreia do SBT Esporte com José Carlos Araújo

SBT Esporte Rio José Carlos Araújo, Gérson e Gilson Ricardo

Agora o “fenômeno do rádio brasileiro”, José Carlos Araújo, tem um encontro com você de segunda a sexta-feira a partir de 12h35 no SBT Esporte Rio. Acompanhe a estreia abaixo.

Comentários

comentários

3 de março de 2015

  • Enquete

    Qual desses programas você prefere?

    Ver resultados

    Loading ... Loading ...
  • Facebook

  • CBN

  • Categorias

  • Calendário

    março 2015
    D S T Q Q S S
    « fev    
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    293031  
  • Tags

  • Tópicos recentes

  • streaming de video